Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Carnaval 2012
Carnaval 2011
Concursos
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Palmas Net
Giro de Notícia
Farol da Cidade
Novidades Online
Portal PMA News
Ibinet - Ibiajara
VirtualMix
Futurus Produções
guanambinews.com.br
Portal Botuporã
Blog do Latinha
Portal Licínio
Facebook Trib. Popular
Twitter Trib.Popular
Folha Sebastianense
REDEINTERSOFT.COM
Click & Divulga
Portal Pindai
Brumado na Midia
Blog do Glauber
DESTAQUE
REPORTAGEM ESPECIAL
Fé atrai cerca de 1,5 milhão de visitantes por ano a Bom Jesus da Lapa, na Bahia
O município de Bom Jesus da Lapa, localizado na região sudoeste da Bahia, a aproximadamente 800 quilômetros da capital do estado, é conhecido como “a capital baiana da fé”. O título se deve ao fato de o local receber, todos os anos, romeiros de todo o país para a romaria do Senhor Bom Jesus da Lapa, que está entre as três maiores do Brasil - junto com a de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida do Norte, São Paulo, e do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, Ceará.No dia da festa, em 6 de agosto, e na semana que a antecede, dados da prefeitura municipal indicam que o município, que tem população aproximada de 63.480 habitantes - segundo o censo realizado pelo IBGE em 2010 -, recebe cerca de 400 mil romeiros. Durante todo o ano, estima-se que Bom Jesus da Lapa receba cerca de 1,5 milhão de visitantes, tendo outro pico de visitação em setembro, quando acontece a romaria de Nossa Senhora da Soledade, cuja festa é celebrada no dia 15.As celebrações religiosas destas romarias têm como cenário o Santuário do Bom Jesus da Lapa, que fica dentro do Morro do Bom Jesus, com 90 metros de altura e com todas as suas grutas. Algumas missas acontecem na gruta do Bom Jesus e outras na gruta de Nossa Senhora da Soledade. Os nomes são devidos às principais imagens que estão expostas em cada uma delas. Em 2009, o Morro foi escolhido, em uma eleição popular online (pelo site (www.7maravilhasbrasil.com.br), como uma das sete maravilhas do Brasil.“Nós viemos de muito longe, percorremos mais de dois mil quilômetros, para ver de perto toda essa manifestação de fé. Sempre ouvimos falar e queríamos conferir, e é melhor do que imaginávamos. Muito emocionante”, diz Rosana Marques, que viajou, em julho deste ano, junto com o marido Cláudio Marques e mais cinco familiares da cidade de Caçador, em Santa Catarina, que fica a cerca de 2.200 quilômetros de Bom Jesus da Lapa.“Esta igreja chama a atenção e chega a fazer arrepiar quando se entra nela. Tem uma energia muito boa, mas acho que se destaca também porque foi literalmente construída por Deus e não pelas mãos dos homens, que apenas adaptaram o local. As pedras, o espaço, já estava tudo ali. Vale muito a pena vir conhecer. Acho que vamos nos lembrar para sempre dessa viagem”, diz o marido de Rosana, Cláudio Marques.Durante o mês de julho, o movimento já começa a aumentar, tornando a cidade bem diferente com relação ao primeiro semestre. No dia 6 de julho deste ano, aconteceu a 37ª Romaria da Terra e das Águas, que contou com a presença de cerca de 6 mil pessoas de outros municípios da Bahia, de Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, Pernambuco, Mato Grosso e Paraná.O movimento em torno da fé em Bom Jesus da Lapa iniciou muito antes de o município receber esse nome e até de ser um município. Tudo começou em 1681, quando um português chamado Francisco Mendonça Mar chegou ao local, trazendo uma imagem do Bom Jesus e, ao entrar na gruta, imaginou que seria o local ideal para servir de altar para a imagem que vinha trazendo, a pé, desde Salvador.O português, considerado o primeiro peregrino do Bom Jesus, começou a realizar suas orações e ações solidárias no local e a fama daquela “igreja natural” começou a atrair a população local e os viajantes que ali paravam para descansar, um ponto estratégico para quem viajava pelo rio São Francisco. Alguns anos depois, em 1706, a Igreja Católica o ordenou como padre, e ele passou a ser chamado de Francisco da Soledade. A partir de então, o movimento de visitações à gruta não parou mais de crescer.O Museu do Santuário Memorial Padre Lucas Kocik, inaugurado em 2012, na rua Miguel Calmon, no Centro, reúne documentos e objetos históricos que ajudam a contar grande parte da história, não só do Santuário e do primeiro peregrino, como de todo o município de Bom Jesus da Lapa, além de ser uma atração turística e cultural.Com informações do site do Santuário do Bom Jesus da Lapa (http://www.bomjesusdalapa.org.br ) e do site da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (http://www.turismo.ba.gov.br ).     
REGIONAL
Descoberta no município de Licínio de Almeida nova espécie de planta
A confirmação aconteceu após estudos da bióloga Fernanda Afonso, formada em Biologia pela UFBA e foi publicada na importante revista científica americana Systematic Botany.Foi encontrada na Serra Geral, no município de Licínio de Almeida, uma nova espécie de planta, da família Asteraceae, cuja espécie não se parece em nada que existe no mundo dos herbários.A descoberta aconteceu após estudos da bióloga Fernanda Afonso, formada em Biologia pela UFBA e foi publicada na importante revista científica americana Systematic Botany - Link http://www.bioone.org/doi/abs/10.1600/036364414X680771Segundo a pesquisadora Fernanda Afonso, “É uma espécie linda, que me deixava inquieta, pois o sexto sentido de um pesquisador, mesmo o mais inexperiente, é quase sempre infalível, além disto, não se parecia com nada que havia visto nos herbários e publicar um artigo de uma espécie nova para a ciência, numa revista internacional de renome, a Systematic Botany, me deixa orgulhosa, é Licínio de Almeida para o mundo”.Com Informações de José Oliveira (Guia Turístico ECOTUR) e João José de Oliveira (portallicinio).    
LOCAL
Guanambi deverá ter mais duas agencias bancárias
Já não é de agora a reclamação quanto ao atendimento nas filas dos bancos em Guanambi, mesmo havendo uma recomendação do Ministério Público para que seja cumprida a lei municipal que estabelece tempo máximo de 15 minutos para atendimento das pessoas nas filas.Diante deste cenário e em meio a tantas reclamações, em setembro do ano passado a Câmara de vereadores de Guanambi através de seu presidente o vereador Agostinho Lira encaminhou documento pedindo providências e sugerindo a implantação de novas agências, como solução para o congestionamento no centro comercial.O gerente local do Banco do Brasil Ezequias Assunção confirmou à nossa reportagem através a implantação de mais uma agência para Guanambi. O processo já foi iniciado e a escolha do local será definida após avaliações das condições técnicas e de segurança do imóvel e sua inauguração deve acontecer até 2015.Ainda de acordo informações, outro que pretende abrir agência na terra do Beija Flor, é o Banco Santander e o endereço seria Avenida Santos Dumont podendo ser onde hoje funciona a concessionária de motos Yamaha, Farmácia Beija Flor ou onde se encontra a Triama Norte, que já está de mudança. É esperar para confirmar. Por: Bonny Silva   
OUTRAS NOTÍCIAS
ÚLTIMOS EVENTOS
HORÓSCOPO MENSAL
PDF (Versão Impressa)
Ano 12 - Edição 101
Ano 11 - Edição 097
Ano 11 - Edição 090
ANIVERSARIANTES
POESIA
Guanambi além dos capulhos brancos
Beijo
Flôr Singela
Segundo Centenário de Caetité
Vaqueiro
TORPEDOS
SERVIÇOS ON-LINE
SERVIÇOS OI
Segunda via de
contas e outros
DETRAN
Serviços sem sair de casa
LOTERIAS
Resultado das Loterias Caixa
COELBA
Segunda via de contas e outros
CORREIOS
Busca de CEP e localidades
EMBASA
Segunda via de contas
CONTAS PÚBLICAS
Prefeituras:
Câmaras:
 
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9962-1243 e 8827-5702 -
Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba