Terça, 29 de Setembro de 2020 01:49
77 99962-1243
Nacional INFRAÇÃO GRAVÍSSIMA

Charles Fernandes se posiciona contra o Artigo 256, que dificulta a regularização dos transportes alternativos e aumenta as penalidades

A lei altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), classificando o transporte alternativo como infração gravíssima.

06/08/2019 08h39
Por: Redação Fonte: Assessoria de Comunicação - Deputado Federal Charles Fernandes (PSD)
Charles Fernandes se posiciona contra o Artigo 256, que dificulta a regularização dos transportes alternativos e aumenta as penalidades

O Deputado Federal Charles Fernandes, (PSD-BA) se posicionou contrário ao Artigo 256, da Lei 13.855/19, que aumenta a punição para os transportes alternativos e dificulta a regularização da atividade de vans, ônibus e demais veículos.

A lei altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), classificando o transporte alternativo como infração gravíssima. Por conta do Artigo, os trabalhadores dos transportes alternativos de todo o país estão buscando o diálogo para uma solução para a regularização da atividade. Segundo a Resolução, motoristas que atuarem no transporte remunerado de passageiros sem autorização, cometerão infração gravíssima, punível com multa de R$ 1.500, perda de sete pontos na CNH e recolhimento do veículo. “Estive recentemente reunido com dezenas de vanzeiros de Guanambi e diversas cidades da região, onde ouvi o reclame da categoria com muita preocupação, na Bahia são milhares de pais de família que dependem da atividade para o seu sustento, são profissionais que ajudam no desenvolvimento das cidades e transportam passageiros com segurança”, disse Charles.

Segundo o deputado, o mesmo já manteve contato com o Senador Otto Alencar e a AGERBA, em busca de uma solução para a questão, e se preciso for, irá mobilizar a bancada da Bahia no Congresso em defesa dos trabalhadores do transporte alternativo. “Estes pais de família aqui não querem trabalhar na ilegalidade, estão clamando pelo direito de regularizar para trabalhar e levar o pão para as suas famílias”, disse.

A Lei foi publicada no Diário Oficial da União em 09/07, pelo presidente Jair Bolsonaro, e as novas regras entrarão em vigor em 90 dias, após a publicação.

Veja o pronunciamento:

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Guanambi - BA
Atualizado às 01h32 - Fonte: Climatempo
18°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 30°

18° Sensação
27.9 km/h Vento
47.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (30/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Quinta (01/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Anúncio