Segunda, 21 de Junho de 2021 03:36
77 99962-1243
Local NOVO EQUIPAMENTO

Chega a Guanambi Usina de Asfalto adquirida pela Prefeitura; equipamento vai revolucionar o programa da pavimentação da cidade

A aquisição da usina servirá, não só para a minha gestão, mas para as próximas décadas, estamos pensando agora e no futuro” comemorou o prefeito.

02/06/2021 16h03 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: Ascom PMG
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Considerada um marco para a cidade, chegou na tarde desta terça-feira 02/06, a usina de asfalto da Prefeitura Municipal. Adquirida com recursos próprios via Pregão Eletrônico, a aquisição na ordem de R$ 2.360.000,00 (Dois milhões, trezentos e sessenta mil reais) tem a capacidade de produção de 100 a 120 toneladas por hora de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

A chegada das duas carretas com os maquinários foi recepcionada pelo vice-prefeito Arnaldo Azevedo, representando o prefeito Nilo Coelho, que cumpre agenda oficial na capital e secretários municipais. “Graças a visão de futuro do nosso prefeito Nilo Coelho, nossa cidade está dando um passo enorme, para levar asfalto, dignidade e qualidade de vida para os bairros e distritos, com economia e muito mais agilidade”, disse Nal.

O prefeito Nilo Coelho comemorou a conquista e agradeceu a todos os secretários que se esforçaram no projeto. “Com todas as dificuldades que o país atravessa, em plena maior pandemia do século, estamos oferecendo toda estrutura de saúde, mas também, estamos equacionando as dívidas herdadas, mas com coragem investindo para iniciar grandes obras. A aquisição da usina servirá, não só para a minha gestão, mas para as próximas décadas, estamos pensando agora e no futuro” comemorou o prefeito.

Revolução do programa de pavimentação

Com o novo equipamento, adquirido com recursos próprios, a administração municipal terá redução de custos e maior agilidade na produção de asfalto, aumentando de forma significativa o seu programa de manutenção e asfaltamento de ruas e avenidas. “Nossa produção de asfalto dependia do fornecimento externo de massa quente de usinas contratadas, mas agora, com usina própria, ganharemos autonomia para produzir muito mais e por um custo menor”, comemorou o prefeito Nilo Coelho.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.