Domingo, 19 de Setembro de 2021
29°

Poucas nuvens

Guanambi - BA

Nacional PROTESTO

Deputado Charles Fernandes protesta contra reajuste nas contas de energia

“Temos um grande potencial de energia e ainda muito pouco explorado no nosso país, como a energia eólica e energia solar, e o Brasil precisa crescer muito neste aspecto”, finaliza Charles.

30/06/2021 às 07h54
Por: Redação Fonte: Assessoria de Comunicação - Deputado Federal Charles Fernandes (PSD)
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Deputado Federal Charles Fernandes usou a Tribuna do Plenário durante a sessão virtual, para protestar contra o novo reajuste nas contas de luz. Segundo o parlamentar, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), deveria ter ouvido o setor produtivo antes de tomar essa decisão.

Para Charles Fernandes, nesse momento difícil, a população já não aguenta mais pagar os sucessivos aumentos nas contas de energia. Ele voltou a defender mais investimentos em fontes de energia renovável.

“A Aneel anunciou uma consulta pública para discutir mudanças na metodologia de cálculo das bandeiras tarifárias, acredito que a pauta tem que ser ampliada, incluir as opiniões e propostas do setor produtivo na cidade, no campo, os setores ligados às energias renováveis, entre outros. Aqui na nossa região, por exemplo, nós temos um dos maiores parques eólicos da América Latina, exportamos energia para vários lugares do país, e o que recebemos de volta? A energia convencional cara e danosa ao orçamento do povo brasileiro e da nossa região”, frisa Charles.

O Parlamentar afirmou que a decisão foi tomada de cima para baixo, prejudicando sempre o lado mais fraco da população brasileira. Afirmou também que no momento tão difícil que estamos passando, a população não aguenta mais pagar reajuste e mais reajuste de energia.

Foi firme ao dizer que o governo precisa repensar, investir e apoiar as energias renováveis no país, que é inaceitável, que os consumidores brasileiros continuem sendo prejudicados.

“Temos um grande potencial de energia e ainda muito pouco explorado no nosso país, como a energia eólica e energia solar, e o Brasil precisa crescer muito neste aspecto”, finaliza Charles.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários