Quinta, 05 de Agosto de 2021 02:58
77 99962-1243
Regional ENCONTRO POLÍTICO

Vice-prefeito de Guanambi participa de assembleia do Consórcio do Alto Sertão com o Ministro da Cidadania João Roma

O encontro contou com a presença de prefeitos consorciados, vereadores, lideranças e secretários municipais.

09/07/2021 16h37
Por: Redação Fonte: Ascom PMG
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Representando o prefeito Nilo Coelho, o vice-prefeito de Guanambi Arnaldo Azevedo (Nal), participou nesta sexta-feira (9) na cidade de Lagoa Real, da assembleia mensal do Consórcio do Alto Sertão.

O encontro contou com a presença do Ministro da Cidadania João Roma, que deu detalhes do Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e outras Tecnologias Sociais (Programa Cisternas), mantido por sua pasta, além de outras parcerias do Governo Federal com as prefeituras da região e o Consórcio Público.

O encontro contou com a presença de prefeitos consorciados, vereadores, lideranças e secretários municipais.

Acompanhado da vereadora Míria Paes, Nal reafirmou o apoio de Guanambi nas ações de parcerias com o Consórcio e o Governo Federal, frisando o papel relevante para o fortalecimento do desenvolvimento de toda região. “Guanambi como polo regional será sempre um ponto de apoio para fortalecer o consórcio e a união dos nossos municípios vizinhos, com todos os entes, seja estadual ou federal”, disse.

Programa Cisternas

O público do programa são famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca ou falta regular de água, com inclusão para povos e comunidades tradicionais. Para participar, as famílias devem necessariamente estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Compete ao Ministério da Cidadania a execução do Programa Cisternas, que é realizado com o objetivo de “promover o acesso à água para o consumo humano e animal e para a produção de alimentos, por meio de implementação de tecnologias sociais, destinado a famílias rurais de baixa renda e equipamentos públicos rurais atingidos pela seca ou pela falta regular de água”.

Para a execução do Programa Cisternas, o Ministério poderá celebrar parcerias com os estados, o Distrito Federal e os consórcios públicos constituídos na forma de associação pública e com entidades privadas sem fins lucrativos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.