Domingo, 19 de Setembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Guanambi - BA

Nacional PESQUISA

Por mais um ano consecutivo, Daniel Almeida figura lista de Cabeças do Congresso

Lista divulgada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), elenca os 100 mais influentes da Câmara Federal

29/08/2021 às 07h11
Por: Redação Fonte: Ascom
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Foi divulgada a lista de Cabeças do Congresso de 2021, realizada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). A pesquisa, que relata os 100 deputados e senadores mais influentes do Congresso, trouxe por mais um ano consecutivo o deputado Daniel Almeida (PCdoB). Classificado como “negociador”, que são aqueles parlamentares “investidos de autoridade para firmar e honrar compromissos e estão respaldados para tomar decisões”, o parlamentar celebrou o feito.

"Para mim é uma alegria e honra figurar nessa lista tão importante", comentou o deputado. "Isso prova nosso compromisso pelas questões relacionadas ao país, sobretudo pela Bahia. Além de demonstrar a importância do diálogo e da escuta empática, tão necessários à vida política", reiterou Almeida, que desempenha a função de Presidente do Grupo Parlamentar Brasil - China. 

Vice-líder do PCDOB na Câmara, Daniel também  também foi líder do partido, líder de bloco parlamentar e em 2018 presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços. Em 2019 foi Coordenador da bancada federal da Bahia, e também já participou da Frente Parlamentar em Defesa da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e integrou a Frente Parlamentar em Defesa da Educação Técnica e Profissional.

Para a classificação e definição dos nomes que lideram o processo legislativo, o DIAP adotou critérios qualitativos e quantitativos que incluem aspectos institucionais, reputacionais e decisionais. Além destes métodos, geralmente aceitos pelos cientistas políticos, o DIAP vem buscando a aplicação da abordagem da não-decisão, caracterizada por ações de bastidores destinadas a ocultar ou criar barreiras ou obstáculos à exposição do conflito, evitando que matérias com potencial explosivo ou ameaçador sejam incluídas na agenda política.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários