Quarta, 27 de Outubro de 2021
26°

Muitas nuvens

Guanambi - BA

Local REUNIÃO

Prefeitos do Consórcio do Alto Sertão se reúnem com membros do Governo do Estado para discutir melhorias no atendimento do Hospital Geral de Guanambi

A reunião conduzida pelo prefeito de Iuiú e presidente do Consórcio, Reinalldo Góes serviu para ajustar os critérios de regulação na transferência de pacientes para o Hospital Geral de Guanambi (HGG).

06/10/2021 às 09h40
Por: Redação Fonte: Folha do Vale
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Aconteceu na manhã desta terça-feira (5), em Guanambi, a reunião pública ampliada do Consórcio Interfedarativo de Saúde do Alto Sertão. No encontro, os 23 prefeitos e secretários municipais de saúde da microrregião de Guanambi, juntamente com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) e de Relações Institucionais (Serin) articularam novos avanços para a pasta.

A reunião conduzida pelo prefeito de Iuiú e presidente do Consórcio, Reinalldo Góes serviu para ajustar os critérios de regulação na transferência de pacientes para o Hospital Geral de Guanambi (HGG). A Unidade de Saúde é responsável por admitir pacientes que residem nos munícipios da macrorregião de Guanambi e necessitam de tratamento de saúde de média e alta complexidade.

Estiveram no encontro, a Secretária estadual interina da Saúde, Tereza Paim; o secretário de relações Institucionais, Luiz Caetano; o deputado estadual Vítor Bonfim, o ex-prefeito de Guanambi e atual deputado federal, Charles Fernandes; além de demais lideranças políticas.

“A nossa proposta é vocacionar o Hospital Regional de Guanambi apenas para a média e alta complexidade nas especialidades clínicas, cirúrgicas, obstétricas e pediátricas, a exemplo da neurocirurgia e o parto de alto risco. E neste cenário é possível ampliar o atendimento aos pacientes mais graves e, simultaneamente, reduzir a necessidade de transferências para a capital ou outras regiões”, afirma a secretária estadual da Saúde, Tereza Paim.

“A reorganização da rede assistencial na região possibilitará o fortalecimento de hospitais municipais e, de pelo menos quatro hospitais complementares ao Regional de Guanambi nos municípios de Caculé, Riacho de Santana, Palmas de Monte Alto e Caetité”, ressalta a titular da pasta estadual da Saúde.

Para Chica do PT, prefeita de Carinhanha, as admissões feitas em hospitais geridos com recursos próprios da cidade de Guanambi garantem que mais municípios sejam atendidos no HGG. A gestora defende que o município deve assegurar o atendimento na ponta, a partir da admissão e triagem dos casos ainda na Central de Regulação Municipal.

“Não podemos aceitar em pelo século 21 interferência de A ou de B para quem alguém tenha saúde. À Saúde é um direito de todos, independente religião, de cor, de raça ou condições financeiras”, enfatiza a prefeita do município do Território Médio são Franciso.

O presidente do Consórcio, Reinalldo Góes, por sua vez avaliou que a reunião foi muito proveitosa e com encaminhamentos positivos. “Já faz um tempo que nós prefeitos e prefeitas tínhamos essa reinvindicação. Aos poucos vamos avançando com a Saúde da região. Não queremos aqui culpar nenhum prefeito pela não construção do Hospital em Guanambi, infelizmente, sabemos que esse é um problema que se arrasta há alguns anos”, resumiu o gestor.

O superintendente de Atenção Integral à Saúde da Sesab, Igor Lobão, explica que “a região possui 25 hospitais, mais de 990 leitos e tem o número de UTIs próximo ao recomendado pela Organização Mundial de Saúde, mesmo sem contabilizar a obra em curso de reforma e ampliação que acontece no Hospital Regional de Guanambi. Isso demonstra que precisamos organizar melhor a rede assistencial que já temos”, explica o superintendente.

Entenda os desdobramentos das reuniões

No dia 29 de julho, prefeitos que compõem o Consórcio de Saúde denunciaram a prática arbitrária da gestão executiva de Guanambi para realização de internações de pacientes no HGG. De acordo com os consorciados, o município era o único que furava a fila do Sistema Regional de Regulação de Vagas, criado exclusivamente para agendar internação de pacientes moram nos municípios atendidos pelo HGG.

Naquela ocasião, o entendimento dos prefeitos era de que os demais municípios estariam em desvantagem, comparada a agilidade que os guanambienses conseguiam realizar complexos procedimentos de saúde.

Com o propósito de corrigir o problema, à época foi montada uma comissão interna de prefeitos designados a estabelecer diálogo com a Diretoria do Hospital.

Em reunião com os prefeitos, Paula Melo, diretora do Hospital, informou que o HGG deve admitir os pacientes do munícipio, pois Guanambi não conta com uma unidade hospitalar administrada exclusivamente com recursos municipais. O que na visão dos prefeitos é o principal potencializador que impacta negativamente na oferta de vagas.

No dia 20 de setembro, o Governador Estadual da Bahia, Rui Costa (PT) esteve em Guanambi participando da reunião do Consórcio. Como encaminhamento, o Governador se comprometeu a ajustar as novas políticas de regulação de pacientes no Hospital de Guanambi. Em atenção a reclamação dos prefeitos, Rui Costa orientou que a secretária interina de saúde, Tereza Paim apresentasse na reunião novas estratégias para regulação no HGG.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Guanambi - BA Atualizado às 23h08 - Fonte: ClimaTempo
26°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 28°

Qui 27°C 19°C
Sex 26°C 17°C
Sáb 26°C 17°C
Dom 26°C 19°C
Seg 26°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Anúncio