Quarta, 27 de Outubro de 2021
25°

Muitas nuvens

Guanambi - BA

Regional LICENÇA PRÉVIA

Renova Energia obtém licença ambiental para novo complexo de geração de energia eólica em desenvolvimento na Bahia

Projeto terá potencial de 576 MW e integra o pipeline da companhia que soma potencial de geração de 6 GW

14/10/2021 às 16h10 Atualizada em 14/10/2021 às 16h21
Por: Redação Fonte: Ascom
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Renova Energia recebeu a Licença Prévia do INEMA, Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia, para o desenvolvimento e implantação de um novo complexo de energia eólica na Região de Barra no Estado, com potencial de geração de 576 MW.

Com a licença, a Renova reforça a consolidação de seu pipeline, que contempla projetos com potencial de geração de 6 GW de energia em toda região Nordeste.

O Complexo Barra está localizado no centro-leste da Bahia e será composto por 14 Parques Eólicos. A Renova tem agora 5 anos para iniciar a implantar desses novos parques. O centro geográfico da área que abrigará o novo empreendimento está 1km do bay de conexão com a Chesf.

“Parte dos empreendimentos será alienada, como previsto em nosso plano e recuperação judicial, e parte será incorporada ao nosso portfólio de geração, com investimentos próprios ou em parceria com investidores”, diz Marcelo Milliet, CEO da Renova.

A Renova também recebeu a Licença Prévia do INEMA  para a implantação de um segundo parque solar no município de Caetité, com potencial de geração de 127,5 MW. As duas licenças consolidam a estratégia da companhia de focar na geração de energia eólica e solar.

A Renova ainda, após longos e profundos estudos com empresas, obteve a confirmação que seus projetos em desenvolvimento possuem margens de escoamento compatíveis às suas capacidades nas regiões que estão alocados.

Alto Sertão III

A retomada do desenvolvimento de  projetos futuros da Renova acontece no momento em que a companhia se prepara para colocar em operação o Complexo Eólico de Alto Sertão III - Fase A,  que conta com 155 torres de geração de energia,  distribuídas em 26 projetos, em 6 municípios da Bahia (Caetité, Igaporã, Pindaí, Licínio de Almeida, Riacho de Santana e Guanambi).

Alto Sertão III - Fase A conta com 4 subestações e 208 km de linhas de transmissão. Quando estiver em pleno funcionamento, terá capacidade de gerar 432,7 MW´s, energia suficiente para abastecer entre 900 mil e 1 milhão de residências, de acordo com o padrão Aneel. 

O projeto, que será um dos 10 maiores parques de energia eólica da América Latina, começa a operar no mês que vem. Até dezembro, 40 unidades de geração estarão em operação. As 155 turbinas instaladas estarão em pleno funcionamento em abril de 2022.  A rede irá operar conectada ao sistema de distribuição da Chesf. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Guanambi - BA Atualizado às 23h29 - Fonte: ClimaTempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 28°

Qui 27°C 19°C
Sex 26°C 17°C
Sáb 26°C 17°C
Dom 26°C 19°C
Seg 26°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Anúncio