Domingo, 05 de Dezembro de 2021
22°

Poucas nuvens

Guanambi - BA

Nacional REUNIÃO

Ivana Bastos e presidente do Tribunal Superior Eleitoral falam sobre combate à fake news

Durante o encontro com o ministro, a deputada também o convidou para falar sobre o tema na 24ª Conferência da Unale, o maior encontro de parlamentares da América Latina que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de novembro em Campo Grande (MS).

10/11/2021 às 12h48
Por: Redação Fonte: Assessoria de Comunicação Gabinete deputada Ivana Bastos
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em uma reunião com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, na tarde de ontem (09), em Brasília, a deputada Ivana Bastos falou sobre o fortalecimento de ações para o combate à fake news no país, especialmente em 2022.

“Recentemente, fui vítima de uma fake news e isso nos causa um mal estar muito grande. Ver a mentira sendo propagada é realmente lamentável. Ano que vem é um ano eleitoral e devemos trabalhar com a verdade. A população precisa combater as notícias falsas e ter acesso às reais intenções do seu candidato”, comentou a parlamentar.

Durante o encontro com o ministro, a deputada também o convidou para falar sobre o tema na 24ª Conferência da Unale, o maior encontro de parlamentares da América Latina que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de novembro em Campo Grande (MS).

O ministro vem declarando guerra às fake news, inclusive palestrou no evento Fake News e eleições: como reduzir a ameaça, da Americas Quarterly. Ocasião em que fez um comparativo entre as eleições de 2022 e as de 2018 e defendeu algum tipo de regulação.

Segundo a deputada, o presidente do TSE tem atuado fortemente no combate à disseminação dessas notícias, mas essa luta tem que ser de todos nós. "Saio desta reunião mais esperançosa quanto a justiça brasileira na guerra contra as fake news, e enquanto parlamentar e presidente da Unale não medirei esforços para que a desinformação seja combatida”, destacou a deputada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários